Identifique e combata as principais causas de inadimplência

Identifique-e-combata-as-principais-causas-de-inadimplência

O processo de cobrança de inadimplentes é algo desconfortável para ambas as partes. Tanto quem cobra quanto quem deve passa por um constrangimento e, por isso, é essencial saber identificar e combater da melhor forma as principais causas de inadimplência.

Quando se avaliam as causas da inadimplência é essencial entender todos os lados envolvidos no processo, já que a própria empresa pode oferecer condições de risco, sabia?

Para evitar que isso aconteça, existem alguns pontos que merecem atenção no momento de identificar e combater as principais causas de inadimplência. A seguir, apresentamos os principais:

Como sua empresa pode favorecer a inadimplência

Pode parecer estranho, mas nem sempre a culpa de estar inadimplente é apenas do cliente. Existem procedimentos frágeis e políticas que deixam a empresa suscetível a problemas no caixa.

Antes de mais nada, é fundamental saber avaliar o cliente, algo que nem todas as companhias fazem. Você precisa entender com quem se relaciona e sua capacidade de pagamento em vez de apenas tentar vender a qualquer custo.

Caso a entrega do serviço ou produto tenha sido feita de maneira correta e, mesmo assim, o cliente não tenha efetuado o pagamento, é hora de iniciar a cobrança e oferecendo oportunidades para quitar as dívidas.

Nesse momento, optar por empresas de cobrança terceirizada, como a Help Cobranças, é a melhor solução para garantir os débitos pendentes, já que profissionais treinados e com as melhores ferramentas de abordagens são fundamentais para o sucesso dessa etapa.

Como o contexto econômico pode favorecer a inadimplência

Outro motivo que figura entre as principais causas de inadimplência é a realidade do País, do mundo e até do setor em que o cliente atua.

É fundamental prestar atenção à realidade do seu cliente, pois, se ele estiver em momentos financeiros complicados, é provável que ele se transforme em inadimplente, trazendo prejuízos ao seu negócio.

Como o próprio cliente pode se tornar inadimplente

A falta de controle do estoque e do fluxo de caixa, bem como o endividamento na praça, são grandes sinais de alerta. É importante, portanto, saber se esse cliente tem um risco potencial de se tornar inadimplente, reduzindo o fornecimento de serviços e/ou produtos a ele.

Se um cliente não tem planejamento financeiro, provavelmente, em algum momento, ele não conseguirá honrar seus pagamentos e se tornará inadimplente. Por isso, vale a pena adotar medidas preventivas.

Como eliminar as principais causas da inadimplência

Diante das recomendações acima, investir no monitoramento constante do cliente e prestar atenção aos movimentos do mercado são ações que ajudam a eliminar as principais causas da inadimplência, porém uma empresa especializada em cobranças reduz – e muito – as chances de ter devedores.

Com trabalhos preventivos e equipes destinadas a negociar com os clientes inadimplentes, a Help Cobranças é a parceira ideal para minimizar dores de cabeça com clientes e evitar perdas financeiras.

Fale com nossa equipe e veja como podemos ajudar a manter seu patrimônio e eliminar a inadimplência da sua empresa!

 

 

Como gerir contratos recorrentes e ter eficiência na cobrança

Como-gerir-contratos-recorrentes-e-ter-eficiência-de-cobrança

Uma gestão de contratos eficientes precisa ter foco em seu desempenho. Para que isso aconteça, é necessário ter eficiência na cobrança e avaliar modalidades de pagamento para aumentar as opções do cliente.

Imagine que uma companhia de alto faturamento consiga, com uma boa gestão de contratos recorrentes, ter 1% de melhora no número de transações negadas. Esse valor já representa muito, não é mesmo?

Com base nessas constatações, concluímos que gerir contratos de maneira eficaz é fundamental para se manter saudável financeiramente, mas conseguir isso nem sempre é fácil.

Para te ajudar nessa tarefa, a seguir, elaboramos um pequeno guia para que você entenda a importância da gestão de contratos recorrentes e consiga aplicar algumas premissas no dia a dia da sua empresa:

O que é gestão de contratos recorrentes?

A gestão de contratos recorrentes trata-se das atividades necessárias para monitorar todas as obrigações assumidas em um contrato.

Para que ela seja eficiente, é preciso cumprir metas estratégicas que garantam o recebimento do valor proposto ao cliente – o que é um desafio constante para as organizações.

Como gerir contratos recorrentes de maneira eficaz?

As quatro principais medidas para gerir contratos recorrentes de maneira eficaz são:

  1. Garantir a adimplência dos clientes, monitorando as razões de possíveis atrasos e cancelamento, tomando ações preventivas para evitar que isso aconteça. Aqui, valem lembretes automatizados, avisos de falhas no pagamento e oferecimento de meios adicionais de pagamento.
  2. Disponibilize a opção de autoatendimento, pois ela oferece mais agilidade nos processos, resultando em mais eficiência e, consequentemente, mais produtividade.
  3. Selecione métricas de acompanhamento. As métricas de acompanhamento de pagamentos únicos são diferentes dos pagamentos recorrentes. Por isso, é essencial avaliar a taxa de crescimento, de cancelamento, ticket médio, lifetime value (LTV), ou seja, a média da receita gerada por cliente durante o tempo em que o contrato permanece ativo.

Outros indicadores importantes são o CAC (custo de aquisição do cliente), que é o total de despesas de venda dividido pelo número de clientes, bem como o payback, ou seja, o tempo necessário para o cliente pagar o seu CAC.

  1. Invista na tecnologia, apostando em softwares que aumentem a agilidade. Isso pode incluir sistemas de gestão integrada, aplicativos e centrais inteligentes para evitar retrabalhos e confusões.

Aumente a eficiência da sua cobrança com a Help Cobranças

Somos uma empresa com forte atuação no mercado de cobranças e, por isso, entendemos de boas práticas, gestão eficiente de contratos e abordagens de cobrança.

Se você tem clientes inadimplentes e não sabe mais o que fazer, fale conosco. Temos os melhores profissionais do segmento e alta taxa de recebimento de dívidas. Basta ligar e conversar com um de nossos especialistas para iniciar um trabalho de cobrança terceirizada conosco!

Muitos devedores? Saiba como equilibrar as finanças da sua empresa

muitos-devedores-saiba-como-equilibrar-as-finança-da-sua-empresa

Qualquer companhia passa por momentos difíceis, independentemente do seu tamanho. Isso está relacionado a crises econômicas, conjuntura política, mudanças de posicionamento ou devedores em excesso. Por isso, aprender a equilibrar as finanças da sua empresa é essencial.

Para garantir que sua empresa passe por esse período sem arranhões é preciso encarar os momentos difíceis como uma oportunidade. Reinventar-se, quebrar antigos paradigmas e inovar são termos imprescindíveis para não ficar para trás.

Quando há muitos clientes inadimplentes e a conta não fecha, há algumas atitudes a se tomar. Confira:

  1. Faça uma gestão eficiente das finanças

Nessas horas, é primordial tomar medidas que proporcionem um equilíbrio nas contas, mas que, ao mesmo tempo, não prejudiquem uma área estratégica do negócio. Vale conversar com outros empresários do seu segmento e coletar boas práticas para horas de dificuldade.

Preste atenção ao fluxo de caixa, que é um dos principais instrumentos da gestão. Você precisa saber, com exatidão, os valores que entram e saem, detectando algum furo.

  1. Revise seus processos e gastos internos

Avalie onde é possível economizar e reduzir gastos diversos. Você pode, por exemplo, reaproveitar materiais e economizar em luz e água, além de trocar alguns itens por alternativas mais baratas e sustentáveis.

Embora possam parecer mínimas, essas iniciativas geram um impacto grande no final do ano e podem representar uma grande diferença no orçamento da sua empresa.

  1. Contrate uma empresa especializada em cobrança

De nada adianta rever seus processos, minimizar gastos e gerir as finanças de uma maneira eficiente se os seus devedores continuarem sem pagar. Por isso, é essencial adotar medidas de cobrança eficazes e ferramentas que só uma empresa especializada nisso podem oferecer.

Empresas de cobrança terceirizadas, como a Help Cobranças, avaliam o seu negócio, o perfil de seus clientes e conseguem traçar estratégias personalizadas de acordo com cada um, resultando em uma abordagem mais focada e, consequentemente, mais sucesso na hora de receber o valor devido.

  1. Redobre os cuidados ao fazer negócios

Momentos mais delicados nos negócios pedem uma análise minuciosa de possíveis parcerias. Por isso, recomendamos que você sempre faça uma análise de risco de um futuro parceiro, sabendo suas reais condições de crescimento e rentabilidade.

Ao se deparar com muitos inadimplentes, dificuldade para fechar as contas e problemas ao cobrar dívidas, não hesite: contate a Help Cobranças.

Temos uma equipe de profissionais altamente qualificados e treinados para oferecer o melhor serviço de cobrança terceirizada à sua empresa. E o melhor é que você só paga se receber! Fale conosco agora mesmo e recupere a saúde dos seus negócios!

4 dicas infalíveis para negociar com devedores

Clientes inadimplentes não são exclusividade de algumas empresas. Hoje em dia, é comum ter uma lista de devedores e algumas pendências financeiras e, por isso mesmo, saber negociar da melhor forma é essencial.

A negociação com clientes inadimplentes exige muita cautela e equipes preparadas para isso. Além disso, é importante ter algumas abordagens específicas para elevar a taxa de sucesso.

Se você deseja cobrar seus clientes devedores de maneira eficiente, confira, a seguir, as quatro dicas que nós, da Help Cobranças, selecionamos para que você tenha sucesso ao negociar com inadimplentes:

Dica 1 – Conheça bem o seu alvo

Antes de cobrar clientes inadimplentes, conheça bem o seu público-alvo. Identifique seu perfil, necessidades e como seria melhor fazer uma abordagem com base nas limitações financeiras de cada um. Lembre-se: ao chegar com a estratégia certa você tem mais chances de conseguir um bom resultado.

Dica 2 – Ouça o que seu cliente tem a dizer

Saia do piloto automático e esteja, de fato, aberto para ouvir o que o cliente com dívidas tem a dizer e como você pode ajudá-lo. Ao se abrir para uma negociação você eleva as chances de reaver débitos e, ainda, mantém sua fidelização para negócios futuros.

Dica 3 – Seja transparente com informações

Não oculte informações e mostre as cartas ao seu cliente, indicando que está disposto a negociar para que ambas as partes sejam beneficiadas. Assim, você aumenta a confiança dele, elevando o desejo de quitar uma dívida ao conhecer os diversos cenários possíveis.

Dica 4 – Mantenha-se tranquilo e controlado

Apesar de todo o seu esforço e tentativas de negociar, ainda assim o cliente pode não estar tão disposto a chegar a um acordo. Nesse momento, controlar os ânimos e manter a calma é essencial e evita que haja discussões. O ideal, nesses momentos, é passar segurança e tranquilidade ao devedor.

Gostou das dicas? Nem sempre elas são fáceis de serem aplicadas e muitas vezes podem ter resultados fora do esperado caso a abordagem não seja bem feita. Além disso, são necessárias algumas ferramentas específicas para abordar os consumidores.

Negociar com experiência e profissionalismo é algo praticado há anos pela Help Cobranças. Por isso, conte com nossa equipe de cobrança terceirizada para reaver débitos e regularizar o seu caixa. Estamos à disposição para atendê-lo!